Visual Studio Code + Rubocop

Nos últimos 4 anos vinha utilizando o Sublime Text como meu editor padrão de desenvolvimento, porém recentemente optei por trocá-lo e venho utilizando o Visual Studio Code como meu editor de desenvolvimento padrão, nunca fui um grande fã da Microsoft, mas posso realmente dizer que estou muito satisfeito com o editor, e todo o ecosistema dele me agrada muito, por ser open-source, pelos plugins e temas disponíveis, a performance e a forma como que é atualizado, gosto muito dos documentos de releases liberados a cada atualização.

Faz algum tempo que não programava em ruby, e estava estudando um pouco esse final de semana o framework de testes minitest (aqui outra mudança, pois estou mais familiarizado com o rspec, e durante esse processo senti falta da integração com o rubocop direto no editor, algo que utlizava antes. E por isso, resolvi fazer uma pausa e integrá-lo ao editor, onde novamente fui surpreendido pela facilidade com que consegui fazer isso.

meme-zagalo

Primeira coisa que fiz foi verificar a documentação do rubocop e suas integrações com outras ferramentas, a qual referencia o seguinte plugin para realizar esse trabalho:

extension-ruby-vs-code

Após a instalação foi necessário habilitar as configurações necessárias para o rubocop funcionar, para fazer isso adicione a configuração abaixo no JSON das opções (“user settings”) do seu Visutal Studio Code (cmd + , ou Code > Preferences > Settings):

"ruby.lint": {
  "reek": true,
  "rubocop": true,
  "ruby": true,
  "fasterer": true,
  "debride": true,
  "ruby-lint": true
}

rubocop-settings

Feito isso reiniciei o editor (na verdade eu fechei e abri novamente em seguida) e voilà:

rubocop-vscode

Conclusão

Terminando deixo um tweet do @mauriciojr que muito me fez refletir sobre quanto o uso de uma ferramenta, como a de analisador estático, seja qual ela for, é importante, e que também acho que resume bastante o que me motivou a escrita desse post.